SW: Ahsoka


Guerra nas Estrelas: Ahsoka – EK Johnston

Tradução: Guilherme Summa

Data de Lançamento: 2016 – Minha Edição: 2020 – 245 páginas


Uma das aparições mais aguardadas de Mandalorian será a primeira encarnação de Ahsoka em Live Action. Foi uma personagem que dividiu muito os fãs, originalmente, em Guerras Clônicas, sua presença parecia um apêndice à dupla principal de Anakin e Obi-Wan. Com o passar da história, a situação mudou radicalmente.

Os roteiristas conseguiram gradativamente aprofundar a personagem mesmo dentro dos limites de uma série animada juvenil. A sua posterior aparição em Rebels foi uma das principais responsáveis pela melhoria do seriado. Este livro foi mais um esforço para dar mais tridimensionalidade para Ahsoka.

Situado pouco mais de um ano depois dos eventos de A Vigança dos Sith, ele conta a história de como ela se tornou uma agente da Aliança Rebelde ao organizar um levante contra a ocupação imperial em um remoto planeta agrícola; preenchendo seu intervalo entre as duas séries animadas.

Como praticamente todas as obras que emprestam argumento de filmes (e especialmente de Guerra nas Estrelas), o livro depende muito de referências a essas mídias; as séries neste caso. São obras derivativas, e, neste, isso cansa um pouco, com passagens sem sentido contando de personagens que não aparecem e nem são referenciados ao longo da história. Ao explicar uma coisa para uma criança, ela diz “isso me lembra quando Mestre Yoda dava suas aulas“… e coisas desse tipo.

Isso é mais pesado na primeira metade do livro, que é muito mais fraca. Ahsoka está interagindo com personagens e locais exclusivos deste livro, que são todos bem desinteressantes. E, para compensar, esses traços derivativos pipocam sem critério. Mas não apenas isso, todo o enredo é bem lento, inclusive da narração. Durante a leitura, fui surpreso ao perceber que havia entrado numa batalha militar, precisei voltar algumas páginas para entender como a luta havia começado e mesmo assim tive dificuldades.

a segunda metade, em que um importante personagem do “canon principal” aparece, a situação muda de figura. O enredo ganha em energia e originalidade, a obra, paradoxalmente, fica menos derivativa. Não desistam da leitura até a aparição de um determinado senador.

Mediano (2,5/5)

Praticamente dois livros separados: uma primeira metade bem tediosa e uma segunda mais original e agitada. Ainda assim, não é das histórias mais interessantes do universo expandido.

Guerras Clônicas: este livro foi escrito durante a produção da sétima temporada da série animada, que foi uma espécie de epílogo da original e plantando sementes para outros seriados por vir. Aqui têm várias referências aos seus arcos mas também, ao mesmo tempo, por ter saído antes da finalização, contradiz algumas coisas. De toda forma, não prejudica a leitura e nem dá grandes spoilers do seriado.


O Brasil no espectro de uma guerra híbrida

O autor desnuda os movimentos subterrâneos – teóricos e concretos – feitos pelo exército, desde a redemocratização mas, em especial desde o governo lula, para reconquistar o poder nacional. Dentre esses movimentos, a deflagração de uma guerra híbrida.

The Orville – 2ª Temporada

Mais coesa e organizada, a série teve um salto com relação a qualidade de seu humor, sempre cirúrgico. Mas isso, por outro lado, resultou numa temporada praticamente de um tema só: relacionamentos; virando quase uma Comédia Romântica no Espaço.

Publicado por Lucas Palma

Paulistano, desde que me lembro por gente fascinado pelas possibilidades do futuro, em games, filmes e seriados, herança paterna e materna. Para surpresa geral, ao final da juventude descobri fascínio também justamente pelo oposto, me graduando e mestrando em História, pela Universidade Federal de São Paulo. Sou autor de Palavras de Revolução e Guerra: Discursos da Imprensa Paulista em 1932.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: