Retrospectiva 2022

Um ano mais magro, com apenas 43 postagens novas, mas com aumento de visualizações e com bons conteúdos como os abaixo. Um feliz 2023 a todos!

1ª Lugar: 156 leituras (artigo mais lido)

2º Lugar: 126 leituras (Resenha TV mais lida)

3º Lugar: 82 Leituras (Resenha Não-Ficção mais lida)

O Choque de Civilizações

Este livro se tornou leitura de cabeceira dos americanos após o 11 de setembro; sendo assim, um dos mais influentes deste século. Mas apesar de se vender como uma grande discussão da humanidade, é apenas mais uma análise de possíveis ameaças aos EUA.

4º lugar: 51 Leituras

5º lugar: 50 Leituras

1930: O Silêncio dos Vencidos

Um dos livros mais importantes sobre a história nacional, ele resgata o ano de 1928, quando os debates sobre Revolução eram intensos no país, mas foram completamente obscurecidos pelo triunfo da Revolução de 1930.

6º lugar: 48 leituras

7º lugar: 46 Leituras

8º lugar: 44 Leituras

Os sentidos do Lulismo

A imagem do PT como o partido dos pobres e esquecidos está cristalizada na nossa memória; entretanto, nem sempre foi assim. Neste livro, de 2012, Singer demonstra como o Governo Lula conquistou o subproletariado e abriu caminho para profundas transformações no Brasil.

9º Lugar: 42 Leituras

10º Lugar: 37 Leituras

Jornada nas Estrelas: TOS – Terceira Temporada

O seriado encontrou seu fim precoce após a terceira temporada; ainda que seja uma perda sentida até hoje, a qualidade deste último ano foi muito abaixo do esperado e torna compreensível o cancelamento.

As 5 postagens de outros anos mais lidas em 2022

1º Lugar: 323 leituras (mais lida do ano!)

2º Lugar: 184 Leituras

Arquivo X – 3ª Temporada (Episódios)

Com vários dos capítulos mais aclamados da série, o terceiro ano de Arquivo X consegue ir de episódios assustadores, a outros sensíveis e ainda alguns muito engraçados.

3º Lugar: 180 Leituras

4º Lugar: 151 Leituras

5º Lugar: 117 Leituras

The Orville – 1ª Temporada

De fãs para fãs, Orville foi uma tentativa de reviver o classic trek com um toque de comédia. Divertiu, com certeza, mas com um humor desorientado e roteiros fracos, deixou a desejar.

LIVROS DE 2022

Excelentes

Avaliação: 5 de 5.

O Império Derrotado

O último Império Colonial a cair, a última revolução no ocidente; o que não falta é relevância à Revolução dos Cravos. Aqui, o autor deseja entender, na verdade, como dela saiu um Regime de Estado de Bem Estar Social.

Por uma outra Globalização

Longe de integrar a humanidade e cumprir sua promessa, a Globalização Perversa, como Milton Santos nomeia, revelou outros problemas e contradições gravíssimas.

1930: O Silêncio dos Vencidos

Um dos livros mais importantes sobre a história nacional, ele resgata o ano de 1928, quando os debates sobre Revolução eram intensos no país, mas foram completamente obscurecidos pelo triunfo da Revolução de 1930.

Pandemia e Agronegócio

O trabalho de uma vida de Bob Wallace está aqui reunido. Dezenas de artigos escritos nos últimos 15 anos denunciando que epidemias não são “tragédias”; e sim um risco calculado que o Agronegócio aposta para manter suas receitas astronômicas.

Muito Bons

Avaliação: 4 de 5.

Os sentidos do Lulismo

A imagem do PT como o partido dos pobres e esquecidos está cristalizada na nossa memória; entretanto, nem sempre foi assim. Neste livro, de 2012, Singer demonstra como o Governo Lula conquistou o subproletariado e abriu caminho para profundas transformações no Brasil.

Sociedade Paliativa

Nos dias atuais, a cultura dominante é de evitar a dor e o confronto a qualquer custo, e isso tem um preço muito caro para o desenvolvimento da humanidade – é o que nos diz Byung-Chul Han.

O Jogador

O melhor jogador da Cultura, uma sociedade aparentemente utópica, participará do grandioso torneio de Azad, que define os rumos políticos de um poderoso e cruel Império Galáctico.

Estrela Vermelha

Durante a Revolução de 1905, na Rússia, um militante socialista é convidado por alienígenas para visitar Marte. No planeta vermelho, a Utopia Socialista já é uma realidade.

Bons

Avaliação: 3 de 5.

O Tempo em Marte

Na futura colonização de Marte, um importante líder sindical se alia a um mecânico na busca por desvendar a forma de usar um poder extraordinário que crianças autistas podem possuir.

Contra Amazon

Enquanto a Amazon expande cada vez mais seu modelo de negócio, baseado na impessoalidade, baixo preço e contato expresso, este escritor espanhol reúne textos seus para demonstrar como os livros são muito mais que mercadorias.

Querido Lula

Durante os 580 dias em que ficou preso, o ex-presidente recebeu 25 mil cartas – a imensa maioria tentando reconfortá-lo ao agradecê-lo por suas políticas durante seus governos.

As Contradições do Lulismo

Publicado durante o processo que levou ao golpe de 2016, este livro apresenta – de forma um pouco amontoada e desordenada – estudos sobre diferentes contradições dos governos petistas para tentar explicar como foi possível sua queda.

Jango e Eu

Uma parte das memórias do antropólogo, cobrindo sua relação com o presidente João Goulart e seus dias como Ministro da Casa Civil de Jango.

A Revolução Colombiana

Nos últimos 30 ou 40 anos o conflito armado na Colômbia é uma constante em noticiários e análises, em aulas de geografia e atualidades. Neste livro, o autor tenta explicar as raízes da violência política no país.

Medianos

Avaliação: 2.5 de 5.

Guerras Híbridas

Nas duas últimas décadas, todos os países vizinhos à Rússia foram atingidos por manifestações e revoltas cada vez mais fortes. Para tentar dar sentido a essa crise sem fim, os intelectuais e autoridades russas criaram o conceito da Guerra Híbrida.

Novelas Policiárias

Fernando Pessoa nos apresenta os casos mais famosos em que o consultor da polícia de Lisboa, o dr. Abílio Quaresma, trabalhou e solucionou o crime.

O Espírito da Ficção Científica

Uma das obras mais controversas do autor, este manuscrito publicado postumamente tem um grande caráter experimental. Definitivamente, um livro que interessaria somente a estudiosos dele e da literatura contemporânea.

Ruins e Muito Ruins

Avaliação: 1.5 de 5.

O Choque de Civilizações

Este livro se tornou leitura de cabeceira dos americanos após o 11 de setembro; sendo assim, um dos mais influentes deste século. Mas apesar de se vender como uma grande discussão da humanidade, é apenas mais uma análise de possíveis ameaças aos EUA.

AS SÉRIES RESENHADAS EM 2022

JORNADA NAS ESTRELAS: A SÉRIE ORIGINAL

Jornada nas Estrelas: TOS – Terceira Temporada

O seriado encontrou seu fim precoce após a terceira temporada; ainda que seja uma perda sentida até hoje, a qualidade deste último ano foi muito abaixo do esperado e torna compreensível o cancelamento.

Jornada nas Estrelas: TOS – 2ª Temporada

Repleta de episódios fantásticos, a segunda temporada gerou conceitos e enredos que continuam rendendo referências e spinoffs até hoje, acompanhe todos os capítulos do segundo ano de Star Trek TOS.

JORNADA NAS ESTRELAS: LOWER DECKS

Star Trek: Lower Decks (1ª Temporada)

A primeira série de Star Trek dedicada à comédia; Lower Decks é um festival de ironias e referências – algumas mais, outras menos, engraçadas. Dependendo demais delas e com um ritmo frenético que prejudica um pouco o desenvolvimento das tramas.

UNIVERSO STAR WARS

DIVERSAS

The Orville (3ª temporada)

Após um percurso muito complicado, cortado pela pandemia, por cancelamentos e morte de atores, The Orville consegue entregar sua melhor temporada ainda que com irregularidade.

Sliders – Dimensões Paralelas (2ª Temporada)

Mesmo em apenas seu segundo ano, o seriado deu fortes sinais de desgaste: aparentemente usou todas as ideais mais sólidas para realidades alternativas na temporada anterior, e precisou ser muito mais extravagante (e confuso) desta vez.

TREK CONTEMPORÂNEO


UM FELIZ 2023 A TODOS!

Publicado por Lucas Palma

Paulistano, desde que me lembro por gente fascinado pelas possibilidades do futuro, em games, filmes e seriados, herança paterna e materna. Para surpresa geral, ao final da juventude descobri fascínio também justamente pelo oposto, me graduando e mestrando em História, pela Universidade Federal de São Paulo. Sou autor de Palavras de Revolução e Guerra: Discursos da Imprensa Paulista em 1932.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: